Kanban Maturity Model com Pizza

Kanban Maturity Model com Pizza

Você deve estar se perguntando o por quê desse título tão engraçado em um post. Bom, uma das coisas que vemos com frequência é a dificuldade de entender o modelo KMM – Kanban Maturity Model. Apesar de já termos escrito um post sobre o modelo com seus pilares e arquitetura (confere aqui), resolvemos trazer o modelo em pedaços… isso mesmo.. pedaços de uma pizza.

Pode parecer brincadeira mas um dos pôster que foi disponibilizado pela David J Anderson School é justamente essa ideia de explicar o modelo por fatias.. como uma pizza que vai sendo saboreada aos poucos, bem como deve ser modelo de maturidade. Se você quer baixar o pôster é so acessar aqui.

Maturidade Organizacional Explicada

Antes de começarmos a fatiar nossa pizza é interessante entender o que é o KMM. O Kanban Maturity Model surgiu da necessidade de democratizar a adoção do Método Kanban para que outras pessoas pudessem colher os benefícios do seu uso em empresas grandes e pequenas por todo o mundo na última década. O Modelo de Maturidade Kanban surge como resultado de mais de quatorze anos de experiência em treinamento e coaching em várias organizações, ao mesmo tempo em que captura dados, escreve e publica estudos de caso e coleta de experiência em mais de cinquenta conferências mundiais entre 2009 e 2019. Fonte: Livro Kanban Maturity Model 2nd Edition.

É importante reforçar que o modelo de maturidade não deve ser empregado como uma meta a ser alcançada, mas sim como um roadmap para melhorar a implementação de Kanban, sendo inicialmente em times em serviços e posteriormente em toda a organização. Para tanto:

O Modelo de Maturidade Kanban fornece orientação pragmática, acionável e baseada em evidências e mostra como alcançar a verdadeira agilidade empresarial

Fonte: Livro Kanban Maturity Model 2nd Edition.

Agora que já fizemos o “jabazinho” do KMM, vamos falar um pouco dos níveis, para isso vamos usar nosso estudo de caso dos treinamentos de Kanban (KMP I e KMP II), o Sr. Lanterna, vamos ver os estágios do modelo conforme o modelo de maturidade.”

“Imaginem uma fábrica luminárias que fatura  R$ 5.000.000,00 por mês e seu empreendedor é conhecido em todo o mercado nacional. Seu Lanterna quer que sua empresa vá para a transformação digital, mas não sabe exatamente como.”

Como funciona a fábrica do Sr. Lanterna

Simulação da Construção de Luminárias – KMP I – Recife 2019.

Nível de maturidade 0 – Obliviuos (Inconsciente)

A fábrica do seu lanterna tem uma equipe em que todos os profissionais sabem como montar luminárias. Os membros da equipe competem para receber o pedido de um cliente e brigam pelos recursos, espaço, materiais (no caso papel, tesoura, moeda e grampeador) para que possam atender o pedido. A experiência do cliente depende inteiramente de quem os está atendendo e os clientes geralmente desenvolvem uma preferência por um membro específico da equipe. Os clientes esperam para fazer o pedido com o atendente de “estimação”, pois não confiam no sistema.

Nível de maturidade 1 – Focado em Times (Equipe)

Estamos no negócio de luminárias. O método de preparar, cortar e montar as luminárias, a precisão no atendimento do pedido e a qualidade dependem muito de quem a prepara. O processo está surgindo, mas ainda é inconsistente. Frequentemente, a luminária é do tipo errado, não tem a mesma distancia entre os cortes e pode não ficar de pé, ou seja, é de má qualidade no momento da entrega, ou o tempo de entrega e depende muito de quem a entrega. A experiência dos clientes os leva a concluir que o fornecedor não é confiável.

Nível de maturidade 2 – Orientado ao cliente

O negócio de luminárias agora tem um método de corte e montagem semelhantes entre os membros e os procedimentos definidos agora são seguidos da forma consistente. No entanto, a luminária entregue depende muito do envolvimento do montador e do supervisor do processo. Se ele não estiver presente, a luminária entregue pode ser do tipo errado, pode estar faltando partes ou os cortes podem ser de tamanhos diferentes. Portanto, a percepção do cliente é que a confiabilidade do fornecedor depende do supervisor de plantão.

Nível de maturidade 3 – Apto ao Propósito

O método de cortar, montar e entregar as luminárias é consistente e os procedimentos definidos são seguidos por todos, independentemente do pedido, do cliente, da equipe que está trabalhando naquele pedido ou se o gerente/supervisor está presente. De forma consistente, a luminária entregue corresponde ao pedido, é de alta qualidade e está dentro das expectativas de entrega do serviço. A percepção do cliente é que o fornecedor é confiável. Como o processo e os resultados são consistentes, temos tempo para pensar no crescimento do nosso negócio, podemos trabalhar em abrir novas fábricas de lanternas em outros locais, ou oferecer luminárias decorativas ou por temáticas o que nos permite diferenciar de nossos concorrentes. No entanto, embora nossa organização de nível de maturidade 3 possa atender aos pedidos dentro das expectativas, ainda não somos bons em entender por que os clientes nos escolhem ou quais expectativas adicionais eles podem ter. Ainda não alcançamos a intimidade com o cliente e nossa capacidade de antecipar a demanda e as expectativas ainda não evoluiu.

Conclusão

Bem pessoal, não falamos dos níveis 4, 5, e 6 por que eles focam na melhoria do sistema e envolvem práticas de coaching e outros experiências que não são cobertas nos treinamentos de KMP, claro que também pra deixar um gostinho de quero mais. Se você gostou do artigo ou quer saber como seria a visão da empresa do Sr. Lanterna nos próximos níveis deixa seu comentário abaixo.

Esperamos que a descrição nesse artigo ajude a entender como podemos verificar nossos sistemas de acordo com os níveis do Kanban Maturity Model, se tiver dúvidas venha participar de uma de nossas turmas e saboreie um pedaço da pizza por vez ok?

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *